Como funciona o sistema “Zero Gravidade” da Frontier?

Finalmente os fabricantes estão começando a se preocupar com o conforto dos passageiros de uma picape.

Foi-se a época em que caminhonete podia ser dura, pular como carroça, causar dores no corpo e maltratar os seus ocupantes, como se conforto não fosse necessário neste tipo de veículo.

Todo mundo já andou numa Frontier e teve a oportunidade de compará-la com outros modelos, percebeu a diferença de conforto que ela oferece em relação às concorrentes de mercado.
A suspensão multilink, o silêncio interno, o ar-condicionado com saídas exclusivas para os ocupantes do banco traseiro, o para-brisas com proteção anti-UV, a ausência de trancos causados pela entrada da turbina ou das trocas de marchas, e outros cuidados exclusivos foram considerados no seu projeto para oferecer o máximo conforto aos ocupantes.
Mesmo ciente que muitos compradores escolhem caminhonete para uso em passeio ou misto, há de se considerar que, aquele que também compra uma para trabalho, tem o direito de ser bem tratado com conforto.

Além desse itens mencionados, há outro destaque também exclusivo que a Frontier oferece, que são os bancos “Zero Gravidade”, ou “Zero Gravity” como são chamados lá fora.
Mas, o que é isso e como funciona essa tecnologia que só está presente nos veículos da Nissan?

Os bancos com tecnologia Zero Gravidade, com inspiração tecnológica da NASA, a agência espacial americana, foram desenvolvidos por meio de pesquisas conjuntas entre a Nissan e o Laboratório Yamazaki da Universidade de Keio (Japão).

Pensando em longas viagens de carro e no maior conforto em qualquer utilização, a Nissan desenvolveu os Bancos Zero Gravidade, baseados no conceito de “gravidade zero”, onde são criados  14 pontos de pressão para permitir ao usuário uma posição neutra. Sua forma e estrutura únicas proporcionam um suporte contínuo dos quadris aos ombros, fazendo com que a medula espinhal de uma pessoa esteja na posição ideal, assim como acontece em ambientes com gravidade zero.
Desta forma, garante-se a postura ideal para tornar as viagens mais agradáveis, mantendo sempre o conforto dos passageiros que não sofrem com as dores causadas pelos bancos tradicionais. Pessoas que já têm problemas de coluna, dores lombares e outras dificuldades são também beneficiadas com essa tecnologia, e elogiam o bem-estar que sentem ao final de uma viagem.

Além do conforto, esta tecnologia oferece mais controle e segurança aos passageiros.

Manter a coluna em uma posição neutra é a melhor maneira de minimizar o desconforto nas costas. Uma posição neutra é mantida quando a gravidade não está atrapalhando. Foi aqui que a inspiração lá do espaço foi incorporada no design dos bancos Nissan Zero Gravidade. O ambiente sem peso do espaço e a ausência de gravidade permitem que sua coluna permaneça nessa posição neutra, daí a motivação da Nissan para projetar assentos que incorporam um sistema que proporciona uma sensação de leveza controlada, para permitir que a sua coluna permaneça em uma posição neutra durante todo o seu dirigir.

Quando uma pessoa está continuamente sentada por longas horas, o corpo naturalmente tende a se inclinar para reduzir o estresse. Isso faz com que a coluna acabe cedendo, o que cria muita pressão na parte inferior das costas.

O exclusivo design Zero Gravity que só a Nissan oferece leva em consideração a posição dos seus quadris, coluna e ombros para garantir uma posição neutra enquanto estiver sentado. Além de manter a coluna neutra, os assentos também são projetados para maximizar o fluxo sanguíneo e os níveis de energia.
A Nissan reuniu um grupo de pessoas, homens e mulheres de diversos tipos de corpo, altura e peso, que passaram por avaliações durante tempo integral. Muitas análises biomecânicas também foram feitas. Os pesquisadores levaram em consideração os níveis de ácido lático no sangue desses indivíduos para confirmar que o nível de fadiga nos músculos estava realmente diminuindo.

Com isso, e usando tecnologia ergonômica, a Nissan conseguiu posicionar os assentos em um ponto de “postura neutra”, o que significa simplesmente que seu corpo não está se esforçando para permanecer na posição vertical. O peso do seu corpo está no assento, e não nas articulações e nos ossos, e ainda foi possível manter uma estrutura firme que torna os assentos muito seguros.

Então, como mencionado anteriormente, sim, há muita tecnologia envolvida nesse processo de criação, mas tudo isso é resultado da ciência envolvida por trás disso, não se tratando de mero argumento de marketing.

O sistema foi testado no prédio da Nissan, junto com um grupo de trabalho que apresentou mais eficiência e menos estresse em suas atividades, e hoje essa tecnologia começa a invadir espaços de trabalho e de descanso.

Os assentos Nissan Zero Gravity são o resultado de mais de uma década de design, pesquisa e testes, e foi introduzido originalmente no modelo Altima em 2013, vindo a ser cada vez mais aprimorado ao longo dos anos, até chegar também na Nissan Frontier.

Os bancos Zero Gravidade foram disponibilizados nos modelos Nissan Kicks, Xtrail, Murano, Pathfinder, Frontier, Titan, Titan XD, Altima, Rogue e Maxima.

Para mais detalhes, veja o vídeo abaixo:

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*